MIGUEL ÂNGELO QUARTETO
DANÇA DOS DESASTRADOS
loading
Depois de ter lançado "BRANCO" (carimbo porta-jazz), em 2013, o álbum de estreia do quarteto e, em 2016, o disco “A VIDA DE X” (carimbo porta-jazz), o quarteto liderado pelo contrabaixista e compositor Miguel Ângelo promove agora o terceiro trabalho do grupo, "DANÇA DOS DESASTRADOS", para o qual obteve o apoio da Fundação GDA.

Mantendo a formação em quarteto com os seus habituais companheiros: João Guimarães no Sax Alto, Joaquim Rodrigues no Piano e Marcos Cavaleiro na Bateria, o novo trabalho é a continuidade do trabalho e da maturação do compositor e do grupo, que se apresenta mais criativo, inspirado e maturado.


Press:

Eleito um dos melhores discos de 2016 para Phil Barnes @All About Jazz
In its way the wonderful Portuguese jazz release from the Miguel Angelo Quartet A Vida de X also looked to augment the music with a striking, stylish, limited edition that showcased a commissioned illustration for each track. It was an album that gradually built the interest over a few weeks of summer listening, until I found myself looking forward to listening to it without even thinking.

Considerado pela revista Jazz.pt como um dos melhores discos de Jazz nacionais em 2016

****«...Miguel Ângelo assina dez temas com personalidade bem definida... o contrabaixista segue as linhas que já tinha exposto no disco de estreia, Branco - uma música franca, directa e intensa.» @ Publico.pt by Nuno Catarino

**** «This is an album that beguiles gradually rather than being an instant infatuation. It is like the friend you feel comfortable with, who is unobtrusive yet steadfast, and whose worth is proven over time. Those are the people to keep close, and this is an album to value—great stuff.» @ AllAboutJazz by Phil Barnes

«...there´s a richness to the album’s rhythmic approach that, on its own, would be plenty to keep the attention locked in. And the lyrical nature of each melody is something where storybook concepts are expanded on and taken far from their original manifestation...» @ Bird Is The Worm by Dave Summer


PRESS KIT & HI RES FOTOS

All Photos By Mínima, Musica & Arte

 

 

 

Baseado em possíveis Danças Tradicionais, reais ou imaginárias, esta é uma proposta do grupo de música para escutar, sentir e dançar, mesmo para os mais desastrados.

Alinhamento:

01- Capítulo I
02- Era uma vez
03- Caminho dos Perdidos
04- Dança dos Desastrados
05- Capítulo II
06- Valsa do Solitário
07- Soldado Desconhecido
08- Capítulo IIIv 09- Vira do Avesso
10- Réquiem do Insignificante

Gostaria de agradecer a todos os que, direta ou indiretamente, contribuem para que me torne numa melhor pessoa e um músico mais inspirado, criativo e competente. Aos amigos que me acompanham, novamente, nesta viagem: Marcos Cavaleiro, pela presença constante e fundamental ao longo de todo o processo, João Guimarães e Joaquim Rodrigues, obrigado pela vossa amizade e pela vossa música. Ao João Bessa pelo apoio na captação. Ao meu amigo de longa data, Nelson Carvalho, pelos ouvidos e pela arte sonora que permite tirar o melhor da música. Ao João Neves, da Omnisonic Internacional, pelo apoio e disponibilidade. À Porta-Jazz pelos dez anos a fazer milagres. À Maria Mónica pelo trabalho gráfico sempre surpreendente. Um especial agradecimento à Fundação GDA pelo apoio que me concedeu e permitiu a realização deste projeto. Por fim, à minha família e em especial às mulheres da minha vida, Ana e Sofia.

Gravado em janeiro de 2021, no estúdio Casa do Miguel. Captação por Miguel Ângelo e João Bessa. Mistura e masterização, Nelson Carvalho. Produção por Miguel Ângelo.

Todas as composições são da autoria de Miguel Ângelo, exceto os Capítulos I, II e III que são improvisações coletivas.

Capa, design e conceção por Maria Mónica.

Comprar: Bandcamp | Spotify | ITunes

SOBRE O PROJETO DIGITAL

As artes complementam-se, cruzam-se, atropelam-se e em conjunção permitem novas realizações e realidades. Por isso, o contrabaixista e compositor que também é programador informático, aliou-se à artista gráfica Maria Mónica, autora da Capa do disco e, a partir da música, criaram um novo mundo “autónomo” digital, em forma de jogo, paisagem e/ou realidade virtual de forma a que a música, o desenho e a tecnologia potenciem a experiência sensorial do ouvinte/interlocutor(a).


INSTRUÇÕES

Este jogo/site foi criado e desenvolvido por Miguel Ângelo, baseado na criação gráfica da capa do disco da artista Maria Mónica.

Pretende-se que o utilizador interaja com o mundo que criamos, ele próprio com vontade e vida autónoma.  Deve utilizar as teclas e para se movimentar para a esquerda e direita, respetivamente, a tecla  serve para parar. Estes mesmo movimentos podem ser executados com o posicionamento do cursor do rato.

O objetivo é colecionar dançarinos desastrados (Miguel, João, Joaquim e Marcos), para isso deve captura-los sempre que eles surgem no planeta;  as árvores quando clicadas, podem crescer ou diminuir e simultaneamente, retirar ou atribuir dançarinos! Os meteoritos são desastrosos e, quando não são capturados a tempo e embatem no solo, perde um dançarino de cada tipo. Quando capturados, ganha um dançarino desastrado de cada tipo. As árvores de cor diferente são acessos a informações sobre o disco. Por fim, o mundo que apresentamos é autónomo, o simples deixar crescer e ver a transformação da paisagem será um fator a explorar.  

A acompanhar tudo isto, tem a minha música, que inspirou e se pretende que seja um elemento inspirador na criação do seu próprio mundo!

No final pode guardar o seu recorde e partilhar comigo, basta clicar no ícone

Bom passeio!.

PRÓXIMOS CONCERTOS | NEXT GIGS

27/08/2021 @ Jardins do Palácio de Cristal - Porto
Dança dos Desastrados

 

02/10/2021 @ Festival de Jazz de Dos Hermanas (Sevilla, Spain)
Dança dos Desastrados

 

CONCERTOS PASSADOS | PAST GIGS

30/05/2021 @ Tenda Porta-Jazz
Dança dos Desastrados

Concerto de apresentação do novo disco do meu quarteto!

 

18/06/2021 @ Parque da Maia
Dança dos Desastrados

 

«A Dança dos Desastrados do quarteto de Miguel Ângelo merece audição atenta e é um regalo para os sentidos! Ressaltam o rigor da escrita aliado às improvisações (excelentes os três Capítulos) e a dinâmica das interações (notável o som do João Guimarães - ora mais doce, ora mais sinuoso - e a fortíssima secção rítmica). O apelo visual da música resulta como se estivéssemos perante a banda sonora de um filme imaginário. A componente multimédia é, por isso, um ótimo complemento para o que se escuta.»
por António Branco, Crítico de Jazz

 

«...Juntos criam uma realidade paralela de sonho num contexto que podia ser de pesadelo. Acontece exactamente o que é anunciado, «as artes complementam-se, cruzam-se, atropelam-se e em conjunção permitem novas realizações e realidades»...» @ Jazz.pt by Rui Eduardo Paes

Ler aqui.

 

«...Um disco muito narrativo, tremendamente aberto, muito criativo, onde se combina a livre improvisação e a música escrita com muita comunicação e lirismo dentro do grupo... este disco tem tudo, é uma autentica maravilha, dos melhores que ouvimos este ano...» @ Universos Paralelos (ES) por Sergio Cabanillas

Dança dos Desastrados em destaque no programa de radio madrileno "Universos Paralelos". Oiça aqui

 

Pode registar a sua Dança Desastrada aqui, para isso indique o seu nome e prima REGISTAR:

NOME (NAME):

Lista dos Desastrados:

Name Miguel João Quim Marcos Data/Hora
João Carlos57722021-05-30-09:31:00
eduardo711872021-05-31-12:27:00
Tiago Dong76272021-05-31-12:29:00
Francisco00002021-05-31-12:31:00
Dulce Prata00002021-06-07-22:59:00
YOUR SCORE: 0 - MIGUEL ÂNGELO | 0 - JOÃO GUIMARÃES | 0 - JOAQUIM RODRIGUES | 0 - MARCOS CAVALEIRO